Criando um “blog” para Alavancar a sua Carreira Profissional [seja uma referência]

Hoje eu acordei e vi que um amigo havia me mandado um email perguntando sobre como poderia proceder para criar um blog.

A sua ideia era usar o novo espaço para escrever sobre temas ao qual ele tem que lidar diariamente na sua profissão, de forma a expor o seu trabalho e melhorar a sua colocação no mercado.

Há poucos dias, o Gustavo Periard escreveu sobre a importância de manter blog empresarial em um mundo corporativo concorrido, então pensei em uma abordagem diferente para responder à esse amigo.

Ao invés de escrever um extenso email para ele, resolvi postar a resposta aqui.

Afinal, se ele tem essa dúvida/pretensão, é possível (até provável) que muitas outras pessoas pensem o mesmo, certo?

Vamos lá!

Cuidado com a confusão de conceitos e tipos de blogs

Neste caso específico, estamos falando de um blog que visa expor o trabalho de um profissional para o grande público.

Isto é ótimo e podemos ver bons resultados nos “blogs” do Gustavo Cerbasi (educação financeira) e no do Christian Barbosa (gestão do tempo).

Só que…

o site desses dois profissionais realmente podem ser considerados como blogs?

O problema é que muita gente confunde o conceito de blog com uma página de vendas ou com um portfólio online.

Existem ferramentas,tal como o blogger (blogspot) que são comumente usadas para fazer blogs, mas que também podem ser usadas para fazer vários outros tipos de sites, tal como portfólios, lojas, fotologs, etc.

Então o primeiro passo é: não confunda um blog com um portfólio online ou com uma página de vendas.

Voltando ao exemplo dos sites citados, eu respondo:

  • não, o que eles tem ali não é um blog.

Eles tem um site que serve de portfólio eletrônico e de vendas (pois visam vender seus trabalhos como palestrantes e consultores), e dentro do portfólio deles, existe uma área de blog.

Ou seja, o conceito do site deles (como um todo) é muito mais abrangente do que o conceito de apenas um blog.

O que você precisa saber sobre blogs de sucesso

Sendo assim, não é condizente nem interessante você criar um simples site destes e divulgá-lo como blog porque as pessoas podem esperar mais de você do que você pretende dar para elas.

Pense na seguinte situação.

Você fez um site aonde expõe todas as suas informações profissionais, um currículo virtual.

Como você produziu alguns artigos para o seu curso de especialização em gestão de projetos imobiliários, decidiu colocá-los lá também.

Daí você começa a divulgar para as pessoas que você criou um blog sobre esse tema.

Muitas pessoas vão entrar e ler seus artigos, algumas irão inclusive virar leitores fiéis. Mas pera lá…

Seu curso terminou no mês passado e você não tem mais artigos para publicar e nem pensa em criar novos.

O que acontece com aquelas pessoas que esperavam ver mais conteúdo sendo produzido?

Você irá decepcioná-las. 🙁

Quando você menciona “blog” na internet, você está determinando que terá um espaço aonde terá novos conteúdos periodicamente.

O que eu quero deixar claro é que nem todo site é um blog, mas qualquer site pode ter um blog dentro do site.

Networking: Faça de seus Contatos o Futuro da sua Carreira Profissional

Cuide da sua reputação profissional online

Pior do que isso, podem começar a falar mal de você por aí, gerando um efeito inverso do desejado quando você decidiu criar o seu “blog”.

Quando estamos falando de grandes empresas, que tem centenas de milhares de clientes ou cujos clientes não são pessoas, são outras empresas, esse problema quase não é um problema.

Só que se você tem por objetivo conseguir um novo emprego, prestar consultoria, fazer palestras ou simplesmente publicar a sua experiência para o grande público, você pode ter um grande problema ao gerar uma falsa expectativa.

Uma vez que você está inserido na internet, a sua participação continua por lá, quer você queira ou não.

Ou seja, você passa a ter uma reputação boa ou ruim. Se você tem uma boa reputação, seu nome será lembrado e citado por todos.

Se você tem uma má reputação, seu nome também será lembrado e citado por todos, só que dessa vez, com todo mundo descendo a lenha em você.

Reverter isso pode ser uma tarefa (quase) impossível.

Sendo assim, tenha cuidado, muito cuidado.

Uma sugestão para manter sua boa imagem profissional na web

Desenvolva um portfólio e crie um blog em uma seção dele, o local onde você publicará seus artigos.

Mostre seus trabalhos, sua experiência e seu conhecimento, pois é isso que vai fazer a diferença para as pessoas que visitarem esse espaço.

Agora me diga, você tem um currículo ou portfólio online?

Se sim, compartilhe conosco a sua experiência, falando os resultados que obteve a partir dessa iniciativa.

Se não, pensa em criar um?

Compartilhe sua opinião.