Como organizar as finanças pessoais

Organizar as finanças pessoais é muito importante para todas as pessoas, seja para a vida familiar, empresarial ou pessoal. Utilizar as finanças de uma maneira correta é uma tarefa difícil, pois se controlar e não sair por aí gastando não é algo fácil para muitas pessoas.

Como primeira regra para organizar as suas finanças pessoais é ter disciplina. Sem ela não existe como controlar o que entra e o que sai de dinheiro, assim, não existe dicas que ajude você a se organizar.

Com pequenas mudanças de hábitos é possível conseguir ser disciplinado.

Banner 468x60

Dicas importantes

  • Defina metas e objetivos para o dinheiro: registre em uma planilha, o valor total da renda. Após, retire 20% e guarde como reserva. Em seguida, separe o valor dos gastos fixos, como aluguel, por exemplo. Então, separe as contas com juros e por último, as contas que são negociáveis. Não adianta ganhar dinheiro todo o mês e não saber como e onde gastar. Trace todo mês o que precisa ser pago e o que você deseja comprar com o que sobrar do seu dinheiro;
  • Controle do cartão de crédito: controle os seus saldos com mais frequência. O ideal são as compras à vista, mas se não tiver como, pague sempre o valor da sua fatura total;
  • Dívidas: resolver as suas dívidas é um passo muito importante. Encare de frente e sem medo. Para isso, coloque na ponta do lápis todas elas e depois defina os possíveis prazos para quitá-las. Tente evitar empréstimos, mesmo que com pessoas da família;
  • Gaste somente o que for necessário: não adianta chorar, portanto, evite gastos desnecessários, principalmente se você possuir um objetivo especial para alcançar. Controlar os seus impulsos e evitar compras à prazo é essencial. Uma dica é desfrutar de atividades de lazer que não envolva despesas.
  • Planos de ajustes à família: se você divide as finanças em família, o ideal é você expor o seu plano de ajuste. É muito importante que sua família esteja alinhada com as mudanças que são necessárias, tendo uma postura de colaboração.

Saiba mais no vídeo:

Com essas dicas de finanças pessoais ficou mais fácil você conseguir investir o seu dinheiro de uma forma correta e só gastá-lo onde for realmente necessário, sem precisar, futuramente, recorrer a empréstimos para sanar as dívidas. E não se esqueça: é preciso ter consciência e disciplina para deixar a sua vida financeira melhor.